7 Dicas para entender quem é o seu consumidor e o que ele quer

NOTÍCIAS, NOVIDADES E DICAS DE TECNOLOGIA PARA AJUDAR NO SEU DIA A DIA

Mercado

16 Março, 2017

Seja no mercado online ou offline, na indústria alimentícia, farmacêutica, digital, no varejo, no atacado, nos produtos ou serviços... uma coisa que absolutamente todos os tipos de empresas do mundo e de qualquer setor tem em comum são: a necessidade de entender e atender aos seus consumidores. E esta missão pode ser muito mais difícil do que parece.

Quando se trata do ser humano, existe uma variedade de possibilidades, características e necessidades tão grande, que profissionais passam anos estudando em faculdades, mestrados, doutorados, fazendo pesquisas, trabalhando e se dedicando incansavelmente em ajudar a sociedade, os governos e principalmente as indústrias, a encontrar padrões de comportamento que auxiliem na eficácia e efetividade da comunicação entre os dois lados.

Ora, como seria maravilhoso se existissem grupos predefinidos de pessoas ou consumidores e pudéssemos encaixar cada um deles dentro destes grupos, não é? Melhor ainda se para cada tipo de serviço ou produto já soubéssemos com quais destes grupos devemos nos comunicar e para quais deles devemos direcionar nossa atenção.

Mas, como esta missão é importantíssima para o sucesso do seu negócios, vamos te ajudar com 7 dicas para entender melhor quem é o seu potencial consumidor e o que ele busca no seu produto.
 

1. Entenda: quem é você dentro do mercado em que está inserido?
 

O passo número um para uma comunicação eficaz com o seu cliente é entender qual é o seu papel dentro do mercado em que você está inserido, afinal, o seu cliente precisa entender qual é a sua essência tanto quanto você a dele.

Faça uma boa análise de branding, e imagine que a sua empresa é uma pessoa. Quais são suas características, quais são suas qualidades, quais são os seus defeitos? Com que tipo de pessoas a sua empresa se comunicaria melhor, com que tipo de pessoas ela gostaria de se relacionar?

Isto serve tanto para o mercado offline quanto para o online, mas no caso de uma empresa que atua no mercado digital, é importantíssimo que você tenha muito bem definido quem é a sua empresa, já que a imagem dela é o que vai atrair ou não o seu cliente. Além disso, uma boa definição da imagem da sua empresa vai te ajudar a definir quais são os seus produtos estrela, e quais nichos de mercado onde você pode trabalhar para obter um foco maior e consequentemente mais sucesso.
 

2. Entenda o valor agregado do seu produto;
 

Falamos no artigo anterior sobre valor agregado (leia mais aqui), ou seja, o exercício de tentar entender que em diferentes cenários, o seu produto pode representar e atender diferentes necessidades, logo, ele tem um valor que pode ir além do preço que ele possui.

Se você está começando agora no mercado digital, é muito importante que você faça este exercício, pegue papel, caneta, ou abra uma planilha, e comece a imaginar que tipo de necessidades seus clientes teriam que os levaria a comprar o seu produto, e principalmente, de que forma você pode através dos seus anúncios, propagandas e imagem da sua marca, instigar esta necessidade dentro do consumidor.
 

3. Defina quem são as “PERSONAS” que procuram o seu produto;
 

Existe uma grande diferença entre definir quem é o seu público alvo, e quem são as personas que procuram o seu produto. O seu público alvo é um grupo mais abrangente, que define quem são as pessoas para quem você vai vender, logo, são aquelas para quem você vai direcionar a estratégia de comunicação, adequar a sua imagem, a sua linguagem e as suas estratégias de vendas.

Muitíssimo importante na eficácia das suas estratégias de marketing, principalmente online, é você definir quem é o seu cliente ideal, que no caso, são as “personas”. Dentro do público alvo, existem diferentes perfis de compradores e a persona seria o “retrato ideal” do seu cliente, ou a personificação do seu público alvo.

Este SIM é um exercício do qual você precisa de papel e caneta, ou uma planilha, e colocar a cabeça para funcionar, e definir quem é cliente que você quer que busque o seu produto. Pergunte-se:

  • Quais são seus medos;
  • Quais são seus sonhos;
  • No que ele trabalha;
  • Qual sua estrutura familiar;
  • O que ele busca no seu produto (necessidade x valor agregado);
  • Com que dores e problemas que o seu produto irá ajudá-lo;
  • Qual a sua missão para com ele;
  • Qual a demografia (idade, onde mora, o que faz, classe social);

Através destas perguntas busque listar mais de um perfil de pessoas e lembre-se: o seu cliente possui nome, idade, CPF, e ele não é todo mundo. Então, quem é ele?
 

4. Faça uma boa análise da concorrência;
 

Se você está começando em um mercado onde existem concorrentes com uma cartela de clientes sólida, principalmente no mercado digital, você tem aí uma oportunidade de ouro para entender melhor o seu cliente.

Busque no site de seus concorrentes, em suas redes sociais ou em plataformas como Mercado Livre, comentários que possuam dúvidas dos seus clientes, que tipo de conteúdo ele consome mais (que tipo de fotos possuem mais likes, ou posts no Facebook por exemplo), quais são suas dúvidas, que características ele elogia mais, e invista nisto!

Leia mais sobre como fazer uma boa análise de concorrência no nosso artigo “5 Super dicas para uma boa análise de concorrência.”

 

5. Faça uma pesquisa de mercado;
 

Se você possui um budget legal, pode procurar uma empresa especializada em pesquisa de mercado ou até comprar dados já existentes, mas você não precisa ir muito longe para conseguir dados que venham direto de consumidores reais.

Se você está começando no mercado digital pode ser um pouco mais difícil e a pesquisa vai ser mais através da análise do comportamento do seu público alvo e concorrentes, mas caso você já tenha uma cartela de clientes e está começando no mercado digital, você pode fazer uma pesquisa com eles.

As pessoas estão sim muito mais dispostas a ajudar marcas e empresas das quais elas compras e gostam do que estas normalmente acreditam. Busque no seus clientes mais fiéis entender que tipo de características eles gostam mais nos seus produtos, ou de que forma você pode melhorar.

Existem ferramentas online como o Survey Monkey (www.surveymonkey.com) ou o Google Surveys https://www.google.com/analytics/surveys que te ajudam a montar pesquisas super personalizadas, com sugestão de perguntas de acordo com o seu segmento, e o melhor, sem custo nenhum (dependendo do tipo de pesquisa que você fizer).
 

7. Use ferramentas online;
 

Existem ferramentas que estão ao seu alcance e totalmente free, que te ajudarão e muito a entender o que o seu cliente busca, ou até dentro da sua cartela de produtos, quais produtos são os mais importantes e que merecem uma atenção melhor.

Google Insights google.com/insights ou www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br (em Português)

No Google Insights você encontra conteúdos riquíssimos de dicas, cases de sucesso e até pesquisas de mercado já prontas para você entender melhor como se comunicar com o seu cliente, e de que forma você pode criar estratégias de SEO que ajudem você a alavancar seus resultados.

Google Trends trends.google.com/trends

O Google Trends é uma ferramenta maravilhosa para você conseguir entender o raciocínio de seus clientes, de que forma eles buscam o seu produto e quais palavras craves são de maior importância para a sua página.

Por exemplo, se você é uma empresa de acessórios femininos, e você é especializada em colares de pérola. Através do Google Trends você consegue entender como é que o seu público busca pelo seu produto.

Google Analytics  analytics.google.com

O Google Analytics é uma das ferramentas mais ricas para auxiliar na compreensão do comportamento do seu cliente, e se você já possui um site, precisa definitivamente gastar mais tempo, muito tempo, analisando as métricas e informações presentes nele. Existem muitos vídeos no Youtube que ensinam como analisar melhor ou obter informações ricas dentro das métricas existentes nele.

Existem outras muitas ferramentas, como de sugestão de palavras chaves, que você pode encontrar através de buscas no Google que poderão te ajudar a entender o que o seu cliente busca.

7. Use as métricas das suas redes sociais;
 

O consumidor comum gasta em média 1 minuto em redes sociais para cada 4 minutos de presença online, ou seja, as suas redes sociais são um conteúdo riquíssimo para você explorar e obter resposta sobre o que eles buscam.

Dentro do Facebook e do Instagram por exemplo, você consegue obter informações como quais posts foram mais visualizados, mais curtidos, de quais cidades são os seus seguidores mais presentes, à que horas os seus consumidores estão mais presentes online, quantas pessoas clicaram nos seus link ou posts ou até quantas visitaram as suas páginas.

Faça um comparativo entre seus posts e através disso entenda que tipo de linguagem funciona melhor, porque alguns posts funcionam melhor que outros e quais imagens são mais atrativas.

 

E pronto! Já deu pra perceber que para alcançar o sucesso é necessário muito esforço, mas é uma energia que com certeza se gasta de forma produtiva, retornará para você como forma dos resultados que você tanto busca.

A GW2D possui soluções e especialistas para ajudar você a entender melhor o comportamento do seu clientes e definir estratégias de que te ajudem a atingir resultados de forma mais rápida e consistente.

Entre em contato para maiores informações. 

Coloque aqui os seus dados e da sua empresa:

Fale um pouco do seu projeto:

  • Mercado
    22 Fevereiro, 2016

    Com mais de um bilhão de pessoas conectadas, curtindo, comentando e compartilhando, é impensável não estar presente nesse meio e fazer o seu negócio aparecer. O assunto é vasto, a visibilidade idem. Entenda e entre agora mesmo para o meio social.  

    Ver mais
  • Mercado
    18 Novembro, 2016

    Quanto vale a pena um site no estilo "faça você mesmo" ao invés de contratar uma agência digital? Veja os prós e contras e o que funciona melhor pra você.

    Ver mais
  • Mercado
    16 Fevereiro, 2017

     Dicas para  uma boa análise de concorrência O Marketing Digital revolucionou como as empresas agem na pré venda e abriu um leque de opções e ferramentas que permitem que você cultive relacionamentos longos e seguros com seus clientes, e uma das formas mais fáceis de você fazer isso é através da...

    Ver mais
  • Mercado
    27 Abril, 2017

    O Google hoje é provavelmente a ferramenta de Marketing mais poderosa que existe. Seja qual estratégia você escolha usar, links patrocinados ou otimização para busca orgânica, ou os dois, o fato é que um mercado cada vez mais digital demanda novos estudos em relação a um novo consumidor. A Nova...

    Ver mais
  • Mercado
    22 Fevereiro, 2016

    Estar presente nas redes sociais é super importante. Saiba quais os principais erros cometidos por empresas e o porque você deve fugir deles.

    Ver mais
  • Mercado / Novidades
    07 Novembro, 2016

    Para te ajudar a organizar uma boa estratégia e assim tirar um melhor proveito da internet e tecnologia, separamos quatro dicas práticas de como atrair novos clientes para o seu negócio. Confira!

    Ver mais

Vamos tornar seu projeto realidade!

Nós da GW2D Agência Digital primamos pela criação de sites inovadores e estratégias digitais que ajudam a sua empresa a se destacar na multidão. Buscamos sempre oferecer soluções sob medida para suas necessidades. O sucesso do seu negócio é o nosso sucesso. Entre em contato, vamos conversar sobre o seu projeto.

Fale com um consultor